Os 10 Melhores Mercados de Rua de Paris

Paraíso das curiosidades, dos objetos originais e de peças vintage, os mercados de rua de Paris são o sonho de todo “caçador” de tendência e das bugigangas mais exclusivas. Antiguidades, livros raros, roupas de grife de segunda mão a 50 centavos… todos os gostos (e bolsos) encontrarão coisas para se apaixonar…

Em praticamente todo arrondissement de París, se encontra um mercado deste tipo.  Alguns ao ar livre, outros cobertos e ocupando belos e tradicionais espaços, cada um tem seu ambiente especial e toda a variedade de comida, móveis, moda, antiquário e coisas kitsch de saltar os olhos. Faça sol, vento, chuva ou neve, todo dia da semana tem algum mercado aberto, e os parisienses usam e abusam deles – aí está mais um motivo para o visitante embarcar nesta experiência, digamos, cultural.

Para ajudar na busca, segue uma lista com alguns dos 10 Melhores Mecados da capital francesa.

Ah, e uma dica básica: fique em um hostel em Paris, e poupe grana para gastar nessas maravilhas.

Para saber ainda mais sobre a cidade, veja nosso Guia de Viagem – Paris.

 

1. Marché aux Puces

O que tem por lá: roupas, antiguidades, gaiolas vintage… de tudo!

Horário: sábado (9h-18h), domingo (10h-18h), segunda (11h-17h)

Metrô: Porte de Clignancourt

O mercado mais antigo e famoso de Paris (e o maior do mundo) é conhecido popularmente como Les Puces – ou “mercado das pulgas”. Datado do século 19, é o lugar para se comprar praticamente qualquer coisa: pratos de porcelana, instrumentos musicais, mobiliário renascentista, gaiolas vintage, uniformes militares da Primera Guerra Mundial e por aí vai… A diferença de outros mercados está nos seus comerciantes, mais discretos, que não gritam em busca em busca de atenção do cliente. Por quê? Porque os artigos que eles venden falam por si só – únicos, autênticos e incríveis.


2. Marché Saxe-Breteuil

O que tem por lácomida e roupas

Horário: de quinta a sábado (7h-14h30)

Metrô: Ségur

Situado no 7º arrondissement junto à Torre Eiffel, o Marché Saxe-Breteuil tem todo o típico encanto parisiense. Ainda que disponha de roupas, cosméticos e móveis a preços populares, a principal atração do mercado é a comida: enlatados, queijos, azeitonas, especiarias, frutas, pães, massas… Vá de estômago vazio, e prove o que puder – destaque para o queijo de cabra e as diferentes variedades de maçãs. Seu bolso também vai agradecer o alívio na hora das refeições. Bon appétit!

 

3. Marché de Montreuil

O que tem por lároupas

Horário: sábado, domingo e segunda (7h-19h30)

Metrô: Porte de Montreuil

O Marché de Montreuil é possilvelmente o mercado menos turístico de Paris. Se você tiver tempo e paciência para procurar e vasculhar, poderá encontrar desde stilettos vintage de Yves Saint Laurent até peças de roupa de segunda mão por menos de um euro. Ideal para os catadores de tendências e bugigangas!


4. Marché Saint-Pierre

O que tem por látelas e tecidos

Horário: de segunda à sexta (10h-18h), sábado (10h-19h)

Metrô: Anvers

O Marché Saint-Pierre é um paraíso para os jovens artistas e desenhistas – lá encontra-se todo tipo de telas e tecidos, desde lençóis feitos a mão até telas das cores mais impensáveis. Neste mercado, você vê tanto estilistas montando suas novas coleções, quanto donas de casa procurando as novas cortinas da sala. Mesmo que não domina as máquinas de costura, pode aproveitar o quarto andar, onde há um serviço para fazer cortinas, lençóis e tapetes personalizados.


5. Marché Bastille

O que tem por lácomida

Horário: quinta (7h-14h) e domingo (7h-15h)

Metrô: Bastille

Outra opção para os glutões de plantão… O Marché Bastille é daqueles grandes, movimentados e de dar água na boca do início ao fim. Lá tem mesmo de tudo, desde frutas e verduras frescas, até vinhos envelhecidos, queijos locais e mariscos a preços bem razoáveis. O mercado abre nas manhãs de quinta a domingo, e já nas primeiras horas, os parisienses aparecem em peso para fazer sua compra semanal.


6. Marché Monge

O que tem por lácomida

Horário: quarta e sexta (7h-14h30), domingo (7h-15h)

Metrô: Monge

Perto da Rue Mouffetard, na Place Monge, está este mercado ao ar livre, cada vez mais popular entre os turistas devido a seu ambiente agradável e excelentes produtos. Lá esperam por você todos os ingredientes necessários para preparar um prato a la gourmet, todos dispostos em belas tendas com os melhores e mais frescos produtos de Paris. A dica é ir bem cedo, fazendo uma parada na Rue Mouffetard para saborear um belo café com um pain au chocolat.


7. Marché les Enfants Rouges

O que tem por lácomida

Horário: quarta e quinta (8h30-13h / 16h-19h30), sexta e sábado (8h30-13h / 16h-20h) e domingos (8h30-14h)

Metrô: Filles du Calvaire

Escondido em uma esquina do arrondissement de Marais, está o Marché les Enfants Rouges, o mercado coberto de comida mais antigo de Paris. Uma curiosidade: fundado em 1628, o Marché les Enfants Rouges recebeu seu nome de um orfanato, onde as crianças iam vestidos de uniforme vermelho. Hoje em dia, o mercado é perfeito para comprar produtos frescos, mas também para degustar deliciosa comida de procedência internacional: desde especialidades japonesas até pratos picantes africanos, passando pelo melhor cuscus árabe, entre tantas outras delicatessen.


8. Marché Biologique Raspail

O que tem por láprodutos orgânicos

Horário: domingo (9h-13h30)

Metrô: Rennes

Meca dos produtos orgânicos, o Marché Biologique Raspail vende desde chocolate cru até verduras e frutas orgânicas, revistas de saúde e remédios homeopáticos. Por estar na moda ultimamente, este tipo de produtos tem atraído cada vez mais diferentes tipos de clientes ao mercado. Não surpreenda-se, portanto,  se tiver que desviar de madames com seus óculos Channel, suas calças Armani ou suas bolsas Hermès. E, como esperado, os preços por lá não são tão convidativos quanto em outros mercados.

 

9. Marché aux Fleurs et aux Oiseaux

O que tem por láflores e aves

Horário: todos os días (8h-19h)

Metrô: Cité

Dedicado exclusivamente às flores parisienses e às aves, não há nada tão doce como o aroma e os sons que emanam do Marché aux Fleurs et aux Oiseaux. O mercado consiste em dois grandes prédios e algumas tendas repletas de rosas, orquídeas, lírios, tulipas, gaiolas de pássaros e livros de jardinagem. Ainda que fique aberto todos os dias da semana, os comerciantes de aves só estão lá aos domingo, quando oferecen desde pombos até periquitos, passando por cacatuas e araras exóticas.


10. Marché d’Aligre

O que tem por lácomida, roupas e antiguidades

Horário: de quarta à sexta (8h-13h / 15h30-19h30), sábado (9h-13h / 15h30-19h30)  e domingo (8-13h30)

Metrô: Ledru-Rollin

Cheios de personalidade e encanto, o Marché d’Aligre é verdadeiramente único. Nessa área, há na realidade dois mercados separados, ambos cosmopolitas e movimentados. Para começar, você vai encontrar um mercado ao ar livre na Praça d’Aligre, com comerciantes de roupas, móveis, antiguidades e outros artigos. A parte que mais se destaca, porém, é sem dúvida o Marché Beauveau – um mercado interno com comida exótica de todo tipo, desde aves e queijos até azeites de oliva e molhos africanos. E já que estará por aquela área, não deixe de dar uma passada no Le Baron Rouge, um bar da “classe trabalhadora” com vinhos plenamente acessíveis, servidos junto com saucisses e ostras.

 

Gostou? Leia também:

Um agradecimento especial pelas fotos do flickr para MyTangerineDreamsnatalialopescocoinzenl,Vero.bJulie70juanjosanchezayustetyblacktulipu m a m iyisris e jcalyst.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *