Viajando pela Espanha com economia

Além de linda, a Espanha é um país ótimo para os mochileiros. Os habitantes locais são simpáticos, tem um monte de coisas para ver de graça, comida e bebida são uma delícia, e o clima no verão é espetacular.

Na Espanha, o tempo não importa muito. Os espanhois tiram uma siesta à tarde, jantam tarde e fazem festa  a noite toda – já fica aí a dica para garantir um bom albergue para você recarregar as energias. Aliás, os albergues europeus são reconhecidos por sua alta qualidade, e os albergues na Espanha estão entre os melhores.

Veja a seguir um guia para as principais cidades espanholas e dicas úteis para você se divertir horrores e gastar muito pouco!

 

San Sebastián

Escolhida uma das Capitais Eurpeias da Cultura em 2016 (junto com Wroclaw/Breslávia), a bela cidade de San Sebastián tem praias imensas, um porto super movimentado e lojas de alto nível. As vistas incríveis, a costa litorânea belíssima e uma vida noturna das mais animadas fazem de San Sebastián um excelente destino para os viajantes pela Espanha.

3 dicas quentes

* Pegue um bronzeado na Playa de la Concha (foto).

* Descubra a linda arquitetura da igreja barroca de Santa Maria, a gótica San Vicente e também o Museo de San Telmo.

* Mergulhe na história e saboreie um café na Plaza Konstituzio (Praça da Constituição), que já foi usada para touradas e as saletas minúsculas eram alugadas para os espectadores.

 

Fazendo uma boquinha

Quando estiver em San Sebastián, você tem que prover os “pintxos” (ou “pinchos”), aperitivos à base de pão que são uma verdadeira tentação – cuidado para não se viciar e acabar extrapolando a conta!). O melhor é vasculhar alguns dos mais de 100 bares do bairro antigo e ver a maior de quantidade de “tapas” da sua vida. Há alguns restaurantes com buffet livre em Gros, perto da praia de Gros, caso a fome aperte de verdade.

Hostels em San Sebastián

Dormitórios a partir de €14/R$ 35 por pessoa/noite.

Hospedaje Donosti@ B&B tem um ambiente íntimo e familiar em meio a uma localização ótima (duas quadras da praia e cinco minutos das lojas, restaurantes e boates). Há uma cozinha, café-da-manhã gratuito e uma área para descanso. Tem também WiFi, TV, DVD e cofres em cada quarto. Vencedor do Prêmio HostelBookers de Excelência 2011 na categoria Localização.


 

Barcelona

Das ruas que parecem um labirinto do Bairro Gótico às incríveis vistas do monte Montjuïc da praia de Barceloneta, há uma infinidade de coisas para se fazer em Barcelona. Muitos prédios são tão lindos por fora quanto por dentro, incluindo a Sagrada Familia, a Casa/Museu de Gaudí e a Casa Batlló. Fato é que sem Gaúdí, Barcelona seria um lugar bem menos alegre. Veja também 10 coisas para fazer em Barcelona por €10.


3 dicas quentes

* Relaxe no Parc Güell, um imenso parque/jardim projetado por Gaudí. Suba até o topo para ter uma vista deslumbrante da cidade.

* Passeie pela principal avenida da cidade, a La Rambla, e dê uma parada pelo mercado La Boquería. Só cuidado com a gula!

* Visite o Hospital de la Santa Creu i Santa Pau (foto)– patrimônio histórico pela Unesco e certamente o hospital mais incríveil do mundo.

Fazendo uma boquinha

Para poupar sua grana, evite os restaurantes de La Rambla e siga para o El Convent (Carrer Jerusalem, 3). É um antigo convento que serve comida catalã e espanhola com um bom vinho local. As tradicionais tapas são servidas por toda a cidade, mas os pratinhos pequenos podem acabar antes da fome. Então vale passar no Xaica (Calle Jovellanos, 5-7), perto da Plaza Catalunya. A partir de €8,50, pode-se comer três pratos mais um vinho/cerveja/refrigerante.

Hostels em Barcelona

Dormitórios a partir de €10/R$ 25 por pessoa/noite.

Saint Jordi Mambo Tango é um albergue da juventude super descontraído e hospitaleiro que conta com, entre outras coisas, um lounge com um home cinema ideal para conhecer outros viajantes. O café-da-manhã está incluso no preço e há também vários lugares para provar a cozinha catalunha ao redor do hostel.


 

Valência

Há de um tudo um pouco para quem visita Valência. A praia é um destaque, claro – desde que você consiga levantar cedo depois de badalar na famosa noite da cidade; os Jardins del Turia têm quase 9km de campos, trilhas, fontes e áreas para prática de esportes; e a Cidade das Artes e das Ciências é um oásis da arquitetura de cair o queixo!

3 dicas quentes

* O Museu de Belas Artes, Museu Taurino, Museu da Pré-História de Valência e o Museu da Etnologia são todos de graça. O incrível Museu Les Falles é grátis aos fins de semana.

* Gaste um tempo admirando a cidade velha, especialmente a Plaza de la Virgen e a Igreja de Nuestra Señora de los Desamparados.

* Embarque num passeio de barco por La Albufera, uma lago de água doce gigante cercado pelos campos de arroz e floresta de pinhas do Parque Natural de la Albufera.

Fazendo uma boquinha

O Mercado Central deve ser sua primeira parada para comprar comida. De cabeças de porco a pães frescos e chorizos crocantes, o local é um banquete dos deuses. A dica é levar sua sacolinha de delícias e fazer um piquenique no parque. Para uma refeição tradicional, experiemente o Los Toneles (Ribera, 17). É um dos restaurantes mais populares da cidade, onde pode-se comer um almoço/jantar de 3 pratos por menos de €12 (R$ 30) ou uma deliciosa paella por €6 (R$ 15).

Hostels em Valência

Dormitórios a partir de €14/R$ 35 por pessoa/noite.

Dificilmente você vai encontrar um albergue mais colorido que o Indigo Youth Hostel. Espaçoso, aconchegante e com uma cozinha e área social super agradáveis, é bastante popular entre os mochileiros. Fica no Barrio del Carmen, no coração da cidade, pertinho das estações de trem e ônibus. Você também estará a um pulo das baladas de Valência.


 

Madrid

Claro que a capital da Espanha tem um monte de coisas pra entreter qualquer viajante. Com mais de 3.500 bancas, o Mercado Rastro vai deixar você ocupado por boas horas. Antes de gastar todos os seus euros, dê uma passada nas lojas da praça principal de Madrid, a Puerta del Sol. Lá também você vai gastar sua câmera digital, com prédios como a linda Real Casa de Correos e as várias estátuas que decoram a praça.

3 dicas quentes

* Não deixe de conferir a neo-clássica Basílica de San Francisco el Grande (foto), que abriga o ilustre quadro de Goya, “La predicación de san Bernardino de Siena ante Alfonso V de Aragón” (1781).

* Relaxe no Campo del Moro – um parque imenso com fontes incríveis.

* Vale só ficar parado um tempo na La Gran Via, a principal rua de Madrid, e ver as pessoas transitando.

Fazendo uma boquinha

Depois de uma noitada das boas, é tradição em Madrid encontrar os amigos num bar para o café-da-manhã, com direito a churros e chocolate quente. Se procura tapas, elas estão por toda parte. Para variar um pouco mais, vale experimentar os caracoles (caramujos), tortilla de patatas (omelete de batatas) e o cocido madrileño (cozido com grão-de-bico e legumes).

AHostels em Madrid

Dormitórios a partir de €9/R$ 22 por pessoa/noite.

Las Musas Residence fica perto das principais atrações de Madrid dem Tirso de Molina, a apenas 5 minutos da Puerta Del Sol. Café-da-manhã está incluso e os quartos possuem banheiro. Há também uma sala comum bem grande e um clima descontraídos para fazer novos amigos e compartilhar aquele churro.


 

Sevilha

Independente de opiniões e juízos, as touradas de Sevilha são uma parte importante da história local. Se visitar no verão, não deixe de ver uma tourada na Plaza de Toros, uma das melhores arenas da Espanha. Na primavera, não dá pra deixar de participar da Feria, quando os locais vestem-se com roupas tradicionais e fazem festas de ruas imensas que duram uma semana. A cidade velha tem ruas lindas, ideais para andar, se perder e se deslumbrar com a arquitetura.

3 dicas quentes

* Dê um passeio pelo Parque de Maria Luisa e encante-se com a Plaza de España (foto).

* A Catedral de Sevilha é simplesmente gigante. Para uma visão ainda mais impressionante, suba até a Torre Giralda e veja toda a cidade de cima.

* Descubra os interiores do Reales Alcázares, um complexo de palácios e edifícios de tirar o fôlego.

Fazendo uma boquinha

As ruas de Sevilha estão sempre fervendo. Os moradores pulam de bar em bar, comendo tapas, ouvindo música ao vivo e se reunindo nas praças. Entre os tantos bares de tapas, experimenta o Bar Kiko (Calle Herbolarios, 17), que tem preços ótimos. As tapas caseiras são deliciosas e grátis com uma bebida. Bar Eslava (Calle Eslava, 3) também é bem em conta, com pratos a €2 (diferente da média de €3 da região). Lá tem também um restaurante onde servem comidas “maiores”.

Hostels em Sevilha

Dormitórios a partir de €10/R$ 25 por pessoa/noite.

The Living Roof fica a apenas 3 minutos da Catedral de Sevilha, e 5 minutos de outras atrações turísticas, como os famosos bares de flamenco e tapas. O albergue é seguro e com dormitórios espaçosos com armários individuais, uma cozinha ampla, café-da-manhã incluso e, o mais importante, um imenso terraço com sofás e uma vista incrível de Sevilha.


 

 

Viajando dentro da Espanha

De trem

Estas são as rotas mais rápidas com o trem Renfe da Espanha, segundo o website da empresa, e geralmente os mais caros. Você pode pagar até metade desses preços se estiver disposto a viajar por mais tempo, com algumas paradas extras. E estes são os preços se comprados na hora, na estação – reserve com antecedência e você poderá pagar ganhar um um bom desconto.

San Sebastián – Barcelona: 5h45 | €63,30 (R$ 158)

Barcelona – Valência: 2h55 | €44,50 (R$ 111)

Valência – Madrid: 1h38 | €80,40 (R$ 201)

Madrid – Sevilha: 2h20 | €83,90 (R$ 210)

 

De ônibus

Você vai precisar de diferentes companhias de ônibus para diferentes trechos.

San Sebastián – Barcelona: 7h40 | €29,95 (R$ 75)

Barcelona – Valência: 4h15 | €25,96 (R$ 65)

Valência – Madrid: 4h15 | €26,91 (R$ 67)

Madrid – Sevilha: 6h15 | €19,85 (R$ 50)

 

Gostou? Veja também:

 

 

Um agradecimento especial pelas fotos da flickr para Mandrake Silvertongue, VickyBonViveur, Abeeer, avlxyz, BBM ExplorerMiguel Frutospogurí.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *